Home
 / 
Blog
 / O que fazer com carro submerso em alagamento

O que fazer com carro submerso em alagamento

Por João Luzzi
17 de maio de 2024

Ficar com o carro submerso em uma enchente é uma situação estressante, mas seguindo os passos corretos, é possível minimizar os danos e proteger sua segurança e a de seus passageiros. Priorize sempre a segurança pessoal e busque assistência profissional quando necessário. Lembre-se de que a prevenção é a chave para evitar situações desafiadoras como essa no futuro. Mantenha-se informado sobre as condições meteorológicas locais e esteja preparado para agir rapidamente em caso de enchentes.

O Rio Grande do Sul enfrentou a maior enchente de sua história, com rios no interior do estado alcançando níveis de 30 metros, submergindo grande parte da região metropolitana. Casas, prédios e lembranças foram devastados, com muitos casos de carro submerso. No entanto, ainda há esperança para recuperar seu carro seguindo algumas recomendações importantes.

Centro de Porto Alegre submerso
Centro de Porto Alegre na enchente de Maio de 2024 (Foto: Jorge Leão)

Posso ligar o carro que ficou submerso numa enchente?

Não, é altamente desaconselhável ligar o carro imediatamente após ele ter sido submerso em uma enchente. Existem várias razões pelas quais você deve evitar ligar o motor do veículo nessas circunstâncias.

Quando há um carro submerso em água, especialmente água de enchente, diversos componentes podem ser danificados. A água pode entrar no sistema de admissão de ar, no sistema de combustível, no motor e em outros componentes elétricos e mecânicos. Tentar ligar o motor nessas condições pode causar danos graves e até mesmo irreparáveis.

Além disso, a água é um condutor de eletricidade e pode causar curtos-circuitos nos sistemas elétricos do veículo. Ligar o motor pode resultar em curtos-circuitos que podem danificar o sistema elétrico, os componentes eletrônicos e até mesmo causar incêndios.

Ligar o motor de um carro submerso também pode aumentar o dano causado pela água. A água pode ser aspirada para dentro do motor, causando hidro travamento, o que pode resultar em danos catastróficos ao motor.

Por fim, ao tentar ligar o carro submerso, você pode prejudicar a possibilidade de acionar o seguro para cobrir os danos. As seguradoras geralmente exigem uma avaliação completa do veículo por um profissional antes de autorizar qualquer reparo ou reembolso.

Portanto, é importante resistir à tentação de ligar o carro após uma enchente e buscar ajuda profissional para avaliar os danos e determinar o melhor curso de ação. Um mecânico qualificado poderá inspecionar o veículo adequadamente e tomar as medidas necessárias para evitar danos adicionais e iniciar os reparos adequados.

Carro submerso em shopping de São Paulo
Carro submerso em Shopping de SP (Twitter/@TonySta92496022/Reprodução)

Por que levar um carro submerso a uma oficina

Após retirar um veículo de uma enchente, é essencial levá-lo imediatamente a uma oficina para uma revisão completa e reparos necessários. Vários componentes críticos precisam de atenção especial:

  • Freios: As pastilhas e lonas de freio, quando molhadas, perdem sua capacidade de frenagem. Isso também se aplica a veículos com freios ABS.
  • Embreagem e correia: O contato com a água reduz a aderência desses componentes, comprometendo seu funcionamento.
  • Parte elétrica: A inundação pode danificar o sistema elétrico, que precisará de reparos extensivos.
  • Filtro de ar: Deverá ser substituído devido ao acúmulo de sujeira.

Particular atenção deve ser dada ao motor. A presença de água no motor de um carro submerso pode causar calço hidráulico, onde o líquido é sugado para dentro da câmara de combustão. Isso pode causar graves danos ao motor, especialmente se o veículo estava tentando dar partida. Em marcha lenta, os danos podem ser menores, mas em casos mais graves, componentes como bielas, válvulas, virabrequim e bronzinas podem ser severamente afetados, levando à perda total do motor. Portanto, uma vistoria completa no motor é crucial durante a revisão pós-enchente.

Oficinas especializadas em carros de enchente

Nossa responsabilidade enquanto distribuidora é providenciar e entregar soluções aos nossos parceiros, e em momentos como estes, fazemos o que está ao nosso alcance para ajudar. Assim, disponibilizamos aos clientes Toli, um cadastro para listar profissionais e oficinas que trabalham com carros afetados por enchentes. Confira a lista e encontre um profissional para te ajudar:

Autoelétrica Bisotto - Ipê - RS - Ver no Mapa

Autoelétrica Brixner - Arroio do Tigre - RS - Ver no Mapa

C S A Autoelétrica e ACD - Santo Antônio da Patrulha - RS - Ver no Mapa

Junior Autoelétrica - Eldorado do Sul - RS - Ver no Mapa

Como o mecânico pode ajudar no caso de carro submerso?

Separamos 8 dicas para quem quer auxiliar na recuperação de um carro submerso. Quando um cliente chega com um carro que ficou submerso em uma enchente, é essencial que o profissional siga um procedimento detalhado e cuidadoso para avaliar e reparar o veículo. Aqui está um passo a passo de como proceder:

1. Avaliação Inicial

Segurança:

  • Desconectar a Bateria: A primeira medida é desconectar a bateria para evitar curto-circuitos e possíveis incêndios.
  • Equipamento de Proteção: Use equipamento de proteção individual (EPI), como luvas e óculos de proteção.

Inspeção Visual:

  • Nível da Água: Verificar até que altura a água subiu. Isso ajuda a determinar quais componentes podem ter sido afetados.
  • Condicionamento do Interior: Checar o interior do veículo, incluindo tapetes, bancos e painel, para sinais de umidade e danos.

2. Remoção de Líquidos

  • Drenagem dos Fluidos: Drenar todos os fluidos (óleo do motor, óleo de transmissão, fluido de freio, líquido refrigerante, combustível). Esses fluidos podem estar contaminados com água.
  • Substituição dos Fluidos: Após a drenagem, substituir os fluidos com produtos novos e apropriados.

3. Secagem e Limpeza

  • Secagem do Interior: Remover os tapetes, bancos e outros componentes do interior para secagem completa. Utilizar ventiladores e desumidificadores para acelerar o processo.
  • Limpeza dos Componentes Elétricos: Limpar e secar cuidadosamente todos os componentes elétricos e conexões. Isso pode incluir o uso de limpadores de contato elétrico.

4. Inspeção Mecânica e Elétrica

Sistema de Admissão e Escape:

  • Filtro de Ar: Verificar e substituir o filtro de ar, se necessário.
  • Sistema de Escape: Inspecionar o sistema de escape para verificar a presença de água e danos.

Sistema de Ignição e Injeção:

  • Velas e Injetores: Inspecionar as velas de ignição e os injetores de combustível. Substituí-los se necessário.

Sistema Elétrico:

  • Módulos e Sensores: Verificar todos os módulos eletrônicos e sensores. Substituir qualquer componente que tenha sido danificado pela água.
  • Fiação: Inspecionar a fiação elétrica para detectar sinais de corrosão ou danos. Realizar reparos ou substituições conforme necessário.

5. Inspeção do Motor

Verificação de Água nos Cilindros:

  • Remover as Velas: Remover as velas de ignição para verificar a presença de água nos cilindros.
  • Girar o Motor Manualmente: Girar o motor manualmente para expelir a água dos cilindros.
  • Verificação de Danos: Inspecionar o motor para verificar danos nas bielas, pistões e outros componentes internos.

6. Teste e Diagnóstico

Sistemas Essenciais:

  • Sistema de Freios: Verificar e testar o sistema de freios, incluindo pastilhas, discos e fluido de freio.
  • Suspensão: Inspecionar os componentes da suspensão para detectar danos ou corrosão.

Sistemas Elétricos:

  • Teste de Sistemas: Realizar testes nos sistemas elétricos e eletrônicos do veículo, incluindo luzes, sistema de entretenimento, controle de clima, etc.
  • Scanner de Diagnóstico: Utilizar um scanner de diagnóstico para verificar códigos de erro e garantir que todos os sistemas estejam funcionando corretamente.

7. Rodagem de Teste

  • Teste de Condução: Após todas as inspeções e reparos, realizar um teste de condução para assegurar que o veículo esteja operando corretamente e que não haja problemas residuais.

8. Feedback e Orientação ao Cliente

  • Relatório Detalhado: Fornecer ao cliente um relatório detalhado sobre os danos encontrados, reparos realizados e quaisquer recomendações futuras.
  • Orientação: Orientar o cliente sobre possíveis problemas futuros e a importância de monitorar o desempenho do veículo após a recuperação.

Manter um registro detalhado de todas as inspeções, reparos e substituições é essencial para garantir a segurança e funcionalidade do veículo. Além disso, é importante ser transparente com o cliente sobre a possibilidade de problemas futuros e a necessidade de manutenção contínua.

Retífica de motor de carro submerso em alagamento (Youtube/RetíficaProjeto/Reprodução)

O que é calço hidráulico

Em casos de carro submerso, calço hidráulico é uma condição séria em motores de combustão interna onde um líquido não compressível (geralmente água, óleo ou combustível em excesso) entra em um ou mais cilindros do motor. Quando isso acontece, o pistão não consegue completar seu movimento de compressão, pois os líquidos não podem ser comprimidos da mesma forma que os gases. Isso pode causar danos mecânicos graves.

Como acontece o calço hidráulico

Nos motores de combustão interna - principalmente em carro submerso - o processo de compressão é essencial para o ciclo de operação. O pistão se move para cima no cilindro, comprimindo a mistura de ar e combustível antes da ignição. Se um líquido entrar no cilindro:

  1. Entrada de Líquido: O líquido entra no cilindro através de várias maneiras, como ingestão de água pela admissão de ar, vazamento de líquido refrigerante para dentro do cilindro, ou injeção excessiva de combustível.
  2. Tentativa de Compressão: Quando o pistão tenta subir para comprimir a mistura, com o motor do carro carro submerso ele encontra o líquido, que não pode ser comprimido.
  3. Impedimento do Movimento: A tentativa de compressão do líquido resulta em uma força contrária significativa, impedindo o movimento normal do pistão.
  4. Danos Potenciais: As partes mecânicas do motor, como bielas, pistões, virabrequim, válvulas e cabeçote, podem sofrer danos graves devido à força excessiva.

Causas Comuns

  1. Ingestão de Água:
    • Dirigir com carro submerso em inundações ou poças profundas.
    • Entrada de água pela entrada de ar em condições de chuva forte ou alta umidade.
  2. Vazamento de Líquido Refrigerante:
    • Juntas de cabeçote queimadas ou danificadas.
    • Trincas no bloco do motor ou no cabeçote.
  3. Excesso de Combustível:
    • Problemas no sistema de injeção de combustível.
    • Falha nos sensores ou componentes eletrônicos que controlam a quantidade de combustível.

Sintomas do Calço Hidráulico

  1. Dificuldade ou Impossibilidade de Dar Partida:
    • O motor pode girar lentamente ou não girar.
  2. Ruídos Incomuns:
    • Estalidos, batidas ou sons metálicos ao tentar dar partida.
  3. Falhas de Ignição:
    • O motor pode funcionar de maneira irregular ou falhar ao ligar.
  4. Danos Visíveis:
    • Componentes internos danificados, como bielas tortas ou pistões danificados, detectados durante a inspeção.
Bloco de Porsche Cayenne com calço hidráulico (YouTube/FCP Euro/Reprodução)

Consequências do motor com calço hidráulico

  1. Danos às Bielas:
    • As bielas podem entortar ou quebrar devido à força excessiva.
  2. Danos aos Pistões e Virabrequim:
    • O pistão pode ser danificado, e o virabrequim pode sofrer desgaste ou danos.
  3. Danos às Válvulas e Cabeçote:
    • As válvulas podem entortar, e o cabeçote pode sofrer danos.
  4. Reparos Extensos:
    • Pode ser necessário reconstruir ou substituir o motor inteiro, dependendo da extensão dos danos.

Como prevenir que aconteça o calço hidráulico

  1. Evitar Áreas Alagadas:
    • Evitar dirigir em áreas com água acumulada ou inundações. Evitar estar com o carro submerso.
  2. Manutenção Regular do Sistema de Resfriamento:
    • Inspecionar e substituir juntas de cabeçote conforme necessário.
    • Verificar regularmente o nível e a condição do líquido refrigerante.
  3. Manutenção do Sistema de Injeção de Combustível:
    • Realizar manutenção regular e substituir componentes desgastados ou danificados.
    • Monitorar o funcionamento dos sensores e componentes eletrônicos.
  4. Inspeções Regulares:
    • Realizar inspeções regulares do motor para detectar possíveis problemas antes que eles causem danos graves.

O que fazer em caso de calço hidráulico

  1. Não Tentar Dar Partida Repetidamente:
    • Isso pode causar mais danos ao motor.
  2. Levar a um Mecânico:
    • Retirar do local com cuidado e levar o carro submerso a um mecânico especializado para uma inspeção detalhada e reparo.
  3. Remoção do Líquido:
    • O mecânico pode precisar remover o líquido dos cilindros e inspecionar o motor para determinar a extensão dos danos.

O calço hidráulico é uma condição séria que pode causar danos extensos e caros ao motor. A prevenção, através de cuidados ao dirigir e manutenção regular, é essencial para evitar esse problema. Se ocorrer, é crucial buscar ajuda profissional imediatamente para minimizar os danos.

Como recuperar um carro submerso

  1. Não Ligue o Veículo: Evite ligar o carro após ele ter sido submerso, pois isso pode causar um calço hidráulico, danificando severamente o motor.
  2. Lavagem Profunda: A primeira medida é lavar completamente o carro submerso. É recomendável que esse procedimento seja realizado por profissionais, que podem desmontar o interior do carro para limpar forros e isolamentos térmicos e acústicos adequadamente.
  3. Cuidados com a Eletrônica: Remova a central eletrônica e seque-a cuidadosamente. Este trabalho deve ser feito por um técnico especializado, pois os componentes eletrônicos são sensíveis e podem ser danificados pela eletricidade estática ou pelo calor excessivo. Use materiais dessecantes como sílica gel e álcool isopropílico para remover a umidade sem danificar os componentes.
  4. Verifique as Velas de Ignição: Se houver água nos cilindros do motor do carro submerso, remova as velas de ignição e use um dispositivo de sucção para retirar a água acumulada sobre os pistões.
  5. Troque os Fluidos e Filtros: Substitua todos os fluidos e filtros do veículo. A água pode ter contaminado o óleo do motor, o fluido de transmissão e o combustível através dos sistemas de admissão e escape, mesmo que o carro estivesse desligado.
  6. Tentativa de Partida: Após certificar-se de que todas as partes do veículo estão secas e sem umidade, tente ligar o carro.

Este guia não pretende ser um manual de "Faça Você Mesmo", mas sim fornecer uma visão geral das etapas que podem salvar seu carro submerso em uma inundação. Consultar um profissional é sempre a melhor abordagem para garantir que o veículo seja recuperado com segurança e eficácia.

Como limpar um carro submerso durante enchente

A limpeza adequada de um carro que ficou submerso em uma enchente é essencial para evitar danos futuros e garantir a segurança dos ocupantes. Aqui estão os passos importantes a serem seguidos durante o processo de limpeza:

Remoção de Água Residual

Antes de iniciar a limpeza interna, é importante remover toda a água residual do interior do veículo. Use equipamentos de sucção, como aspiradores de água, para extrair o máximo de líquido possível dos tapetes, carpetes e estofados.

Desinfecção do Interior do veículo submerso

Após remover a água, é crucial desinfetar o interior do carro submerso para eliminar bactérias, fungos e odores desagradáveis. Use produtos desinfetantes específicos para automóveis e aplique-os em todas as superfícies internas, incluindo tapetes, carpetes, bancos e painéis.

Oxi-sanitização

Com a crise ocasionada pelas pandemias, diversas práticas que eram exclusivas da área da saúde migraram para o consumo amplo. Dentre estas, os tratamentos com Ozônio, que já possuem diversos equipamentos prontos para literalmente esterelizar o interior do veículo. Essa é hoje a forma mais eficiente de tirar odores, porque nada sobrevive no ambiente. Para realizar um serviço de Oxi-sanitização, zerar seu carro e eliminar o mau odor definitivamente, encontre profissionais especialistas capacitados para a realização do processo. Após a utilização, não há riscos para a saúde e o interior do seu veículo fica novo em folha.

📲 Fale com seu vendedor Toli e conheça os detalhes do Mahle OzonePRO

OzonePRO é um equipamento para oxi-terapia que elimina 99,9% das bactérias dos ambientes (ToliDistribuidora/Arquivo)

Limpeza Profunda dos Estofados

Os estofados podem reter umidade e sujeira após uma enchente, tornando-se um terreno fértil para o crescimento de mofo e bactérias. Use um limpador de estofados adequado para remover manchas, sujeira e odores indesejados. Se possível, remova os assentos para uma limpeza mais completa.

Secagem do interior do carro submerso

Após a limpeza, é crucial garantir que o interior do carro seja completamente seco para evitar a proliferação de mofo e bactérias. Deixe as portas e janelas abertas e utilize ventiladores ou desumidificadores para acelerar o processo de secagem. Também é recomendável deixar o carro exposto ao sol sempre que possível.

Limpeza e Secagem do Sistema de Ventilação

O sistema de ventilação do carro também pode ser afetado pela enchente, acumulando água e sujeira. Verifique e limpe os dutos de ar e troque o filtro de ar do habitáculo, se necessário. Certifique-se de que o sistema de ar condicionado esteja funcionando corretamente após a limpeza.

Limpeza do Motor e Componentes Eletrônicos

Além da limpeza interna, é importante limpar e inspecionar o motor e os componentes eletrônicos do veículo. Remova lama, sujeira e detritos do compartimento do motor com água e detergente automotivo. Verifique se os conectores elétricos estão secos e limpos para evitar falhas elétricas.

Inspeção de Danos Mecânicos

Após a limpeza, é importante inspecionar cuidadosamente o veículo em busca de danos mecânicos causados pela enchente. Verifique o óleo do motor, fluidos de transmissão, freios e suspensão para garantir que não haja contaminação ou danos significativos.

Ao seguir esses passos, você pode limpar adequadamente um carro submerso em uma enchente e restaurá-lo para um estado seguro e funcional. No entanto, se você não se sentir confortável em realizar a limpeza por conta própria, é recomendável buscar a ajuda de profissionais especializados em recuperação de veículos após enchentes.

Encontre os principais produtos Vonixx para serviços profissionais de ajuda a quem esteve com o carro submerso em alagamentos e enchentes.

Como agir durante a enchente

Durante chuvas fortes, recomenda-se não retirar o carro da garagem. Se for inevitável enfrentar uma enchente, mantenha a calma e priorize sua segurança. Evite áreas conhecidas por alagamentos, mantenha a velocidade baixa e o motor em rotação constante para reduzir o risco de aspiração de água. Procure estacionar em locais altos e mantenha os pneus em bom estado. Desligue o ar-condicionado e outros componentes elétricos e, se o carro parar, não force a partida. Em veículos automáticos, use os recursos "snow" e "winter" para maior estabilidade.

Portal Toli Mobile

Criamos o Portal Toli Mobile. Nosso aplicativo é a ferramenta certa para empresas que querem ainda mais praticidade para emitir pedidos, consultar notas e analisar o perfil da empresa. Com ele, é possível estar sempre conectado à Toli e aproveitar as facilidades da mobilidade.

📲 Quer ler mais sobre o App clique aqui

O aplicativo é totalmente integrado com o tradicional Portal Toli. Os produtos, preços e carrinhos são sincronizados em tempo real. Quem já utilizava no computador, agora pode acessar tudo via celular, e vice-versa.

Toli Distribuidora App Portal Toli Mobile

👉 Baixar Play Store para Android

👉 Baixar App Store para iPhone

#sejatoli e tenha um parceiro forte

Toli Distribuidora, uma empresa com 40 anos de atuação, mais de 700 colaboradores e 40 mil clientes ativos. Entregamos para 7 estados através das nossas 11 unidades. Tenha um parceiro forte para seu negócio.

  • Atendimento via fone e Whatsapp
  • Completo Catálogo de Produtos
  • Atendimento região Sul e Sudeste
  • Especialistas em autopeças

Ficou interessado?  Seja nosso cliente.

Destaques

Confira outros posts

Entenda tudo sobre amortecedor automotivo
Por João Luzzi
5 de junho de 2024
O que fazer com carro submerso em alagamento
Por João Luzzi
17 de maio de 2024
OSRAM LED Cross
Por João Luzzi
8 de maio de 2024
magnifiercrossmenuchevron-down