Home
 / 
Blog
 / Diesel HVO: O Combustível Renovável e Sustentável

Diesel HVO: O Combustível Renovável e Sustentável

Por João Luzzi
22 de abril de 2024

O Diesel HVO, ou Hydrotreated Vegetable Oil, está emergindo como uma alternativa promissora e ecológica ao diesel fóssil. No Brasil, onde o setor de transporte é altamente dependente de combustíveis derivados do petróleo, como o diesel fóssil, o HVO oferece uma solução verde e renovável para reduzir as emissões de gases poluentes.

Ao contrário do biodiesel, o Diesel HVO é um hidrocarboneto puro, sem oxigênio em sua composição molecular, tornando-o mais estável e eficiente. Seu uso praticamente elimina as emissões de CO2 durante a combustão, além de reduzir significativamente outros gases de efeito estufa e poluentes atmosféricos, como material particulado fino, hidrocarbonetos, monóxido de carbono e óxidos de nitrogênio.

🎯 Conheça todas as marcas da Toli Distribuidora

7 vantagens do Diesel HVO

Uma das vantagens do Diesel HVO é sua compatibilidade com os motores atuais, não requerendo adaptações significativas. Pode ser misturado ao diesel convencional em qualquer proporção ou usado puro, sem comprometer o desempenho dos veículos. Além disso, sua produção pode aproveitar a infraestrutura das refinarias de petróleo existentes.

  1. Renovável e Sustentável: O Diesel HVO é produzido a partir de fontes renováveis, como óleos vegetais e gorduras animais, tornando-o uma opção mais sustentável em comparação com o diesel fóssil, que é derivado do petróleo.
  2. Redução das Emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE): O uso do Diesel HVO resulta em significativa redução das emissões de CO2 e outros gases de efeito estufa durante a combustão, contribuindo para mitigar as mudanças climáticas.
  3. Menor Emissão de Poluentes Atmosféricos: Além da redução das emissões de CO2, o Diesel HVO também produz menos poluentes atmosféricos durante a queima, como material particulado fino (MP), hidrocarbonetos (HC), monóxido de carbono (CO) e óxidos de nitrogênio (NO), melhorando assim a qualidade do ar.
  4. Compatibilidade com Motores Existentes: O Diesel HVO pode ser usado em motores de combustão interna convencionais, sem a necessidade de modificações significativas nos veículos. Ele pode ser misturado ao diesel convencional em qualquer proporção ou usado puro, mantendo o desempenho e a eficiência dos motores.
  5. Infraestrutura Existente: A produção e distribuição do Diesel HVO podem aproveitar a infraestrutura existente de refinarias de petróleo e redes de distribuição de combustível, facilitando a transição para fontes de energia mais sustentáveis.
  6. Diversidade de Matéria-Prima: O Diesel HVO pode ser produzido a partir de uma variedade de óleos vegetais e gorduras animais, oferecendo flexibilidade na escolha da matéria-prima e reduzindo a competição com a produção de alimentos.
  7. Menor Dependência de Combustíveis Fósseis: Ao promover o uso de fontes renováveis, como óleos vegetais, o Diesel HVO contribui para reduzir a dependência de combustíveis fósseis e aumentar a segurança energética.

Em resumo, o Diesel HVO apresenta diversas vantagens em termos de sustentabilidade, redução de emissões e compatibilidade com a infraestrutura existente, tornando-se uma alternativa promissora para o setor de transporte e para a mitigação dos impactos ambientais associados ao uso de combustíveis fósseis.

Como é produzido o Diesel HVO

A matéria-prima para a produção de Diesel HVO pode incluir uma variedade de óleos vegetais, como óleo de soja, girassol, canola, entre outros, bem como óleos de fritura e gorduras animais. O processo de produção envolve a reação desses óleos com hidrogênio sob alta pressão, resultando em um combustível semelhante ao diesel fóssil.

Processo de Produção de Diesel HVO (Fonte: OnTurtle)

Seleção da Matéria-Prima

O primeiro passo é selecionar a matéria-prima adequada para a produção do HVO. Isso pode incluir uma variedade de óleos vegetais, como óleo de soja, girassol, canola, entre outros, bem como óleos de fritura usados e gorduras animais.

Hidrotratamento

A matéria-prima selecionada é submetida ao processo de hidrotratamento. Nesse processo, os óleos vegetais são misturados com hidrogênio sob alta pressão e temperatura em presença de um catalisador, geralmente um metal como níquel ou cobalto. Isso resulta na quebra das moléculas de óleo vegetal em hidrocarbonetos menores e na saturação de ligações duplas, produzindo um líquido semelhante ao diesel fóssil.

O hidrotratamento é um processo crucial na produção do Diesel HVO. Nele, os óleos vegetais são misturados com hidrogênio sob alta pressão e temperatura, em presença de um catalisador. Isso resulta na quebra das moléculas de óleo vegetal em hidrocarbonetos menores e na saturação de ligações duplas, produzindo um líquido semelhante ao diesel fóssil. Esse processo é fundamental para garantir a qualidade e a pureza do Diesel HVO, tornando-o adequado para uso como combustível em motores de combustão interna convencionais.

Purificação e Refino

O produto do hidrotratamento passa por um processo de purificação e refino para remover impurezas e resíduos indesejados, garantindo a qualidade e a pureza do Diesel HVO.

Armazenamento e Distribuição

Após o refino, o Diesel HVO é armazenado em tanques apropriados e está pronto para ser distribuído para uso em veículos. Ele pode ser misturado ao diesel convencional em diferentes proporções, dependendo das especificações do produto final desejado.

Uso em Motores

O Diesel HVO pode ser usado em motores de combustão interna convencionais, sem a necessidade de modificações significativas nos veículos. Ele pode ser utilizado puro ou em mistura com o diesel fóssil, oferecendo desempenho semelhante e reduzindo as emissões de poluentes.

Leia aqui: A Diretoria da ANP aprovou em 11/04/2024 a primeira autorizaçãopara uso experimental de biodiesel puro, chamado B100 (biodiesel puro). A autorização é para teste do B100 em embarcação da frota fluvial da empresa Hermasa Navegação da Amazônia Ltda., estando restrita a uma viagem específica, com origem e destino definidos, assim como o volume do biocombustível a ser utilizado.

Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis

Apesar de seus benefícios ambientais, o Diesel HVO enfrenta desafios, como a necessidade de insumos fósseis, como o gás hidrogênio derivado do gás natural, e o aumento potencial no consumo de combustível em comparação com o diesel convencional. No entanto, iniciativas estão sendo tomadas para regulamentar sua produção e uso no Brasil, seguindo o exemplo de outros países onde o HVO já está em uso comercial.

Em resumo, o processo de elaboração do Diesel HVO envolve a transformação de óleos vegetais por meio de hidrotratamento em um combustível limpo, renovável e compatível com a infraestrutura existente de distribuição e uso de diesel. Essa tecnologia oferece uma alternativa promissora para reduzir a dependência de combustíveis fósseis e mitigar os impactos ambientais associados ao transporte. Isso contribui para um futuro mais limpo e ecologicamente responsável.

#sejatoli e tenha um parceiro forte

Toli Distribuidora, uma empresa com 40 anos de atuação, mais de 700 colaboradores e 40 mil clientes ativos. Entregamos para 7 estados através das nossas 11 unidades.

  • Atendimento via fone e Whatsapp
  • Completo Catálogo de Produtos
  • Atendimento região Sul e Sudeste
  • Especialistas em autopeças

Ficou interessado?  Seja nosso cliente.

Destaques

Confira outros posts

O que fazer com carro submerso em alagamento
Por João Luzzi
17 de maio de 2024
OSRAM LED Cross
Por João Luzzi
8 de maio de 2024
magnifiercrossmenuchevron-down