Home
 / 
Blog
 / Tudo sobre Bateria Automotiva

Tudo sobre Bateria Automotiva

Por João Luzzi
4 de maio de 2021

O papel da bateria automotiva é essencial em um veículo. Trabalhamos como distribuidora de baterias para levar as melhores opções para seu negócio. Seja oficina ou autopeças, oferecemos baterias ACDelco, baterias Durex e baterias Energy.

O que é uma bateria automotiva?

As baterias são uma reserva de energia elétrica, acumulada e estocada em um veículo. A principal função da bateria automotiva é ativar o motor de partida para iniciar os ciclos dos motores a combustão e colocar a máquina em funcionamento. No momento da partida, há um consumo enorme da energia que estava em repouso. Isso causa um déficit considerável na carga total.

Quanto mais ciclos de partida forem repetidos – independente do período – esta carga é tirada da bateria e não tem tempo para retornar se o motor não for mantido ligado por um certo período.

Com sorte, existem duas formas de mantê-la com carga completa. A primeira é a mais comum, através do alternador (ou dínamo). O alternador transforma a energia mecânica das polias do motor em corrente elétrica. A segunda, é através de abastecimento com um carregador externo (fonte) ou bateria externa (ponte elétrica).

Bateria Automotiva disponível na Toli Distribuidora

Confira as baterias automotivas à venda na Toli Distribuidora ACDelco, Durex ou Energy

O que arria uma bateria automotiva?

O termo arriar é usado quando a bateria não envia nem receber carga elétrica. Durante o inverno as baterias arriam mais porque a temperatura baixa. O clima frio torna os líquidos mais espessos, alterando sua fluidez, portanto, menos flexíveis no inverno.

Segundo informações do setor, no inverno há um aumento médio na reposição de baterias de 20%. Contudo, no tempo mais frio, o óleo espesso impede as peças de se movimentarem umas contra as outras. Os combustíveis ficam mais resistentes à vaporização. A gasolina é menos afetada, mas no caso do álcool, sua temperatura de vaporização é ainda mais baixa, o que torna quase impossível.

Em resumo, no inverno, as baixas temperaturas dificultam o trabalho da bateria. A bateria precisa de algumas reações químicas para trabalhar corretamente e com o frio, é menor a chance dessas reações acontecerem. Além do esforço maior que a bateria despeja para funcionar os ciclos do motor, seu interior também é afetado. A transferência de cargas elétricas é prejudicada.

⚡ Assista no nosso Canal sobre o carregador de baterias Usina Charger.

O quebra-galho da partida a frio

Você já deve ter reparado, mas em carros flex, no caso do uso de etanol, há um tanquinho com gasolina. Essa gasolina está aí para ser injetada no momento da partida a frio, facilitando o funcionamento do motor, e dando uma mão para a bateria funcionar com menos esforço.

Há um teste específico para baterias, chamado CCA (Cold Cranking Amps) que significa Amperes de Arranque a Frio. Ele está homologado internacionalmente como CCA SAE J537, e certifica qual a capacidade da bateria no momento do arranque. A influência das baixas temperaturas é balizador deste tipo de teste.

No CCA, a bateria -completamente carregada - é refrigerada a -18°C por 24 horas. Quando atingir a temperatura sub-congelamento, é despejada uma amperagem específica, como por exemplo, 480 ampéres em uma bateria de CCA 480. Para passar, a tensão deve permanecer acima de 7.2v (1.2v por placa) por 30 segundos. O valor CCA está presente nas embalagens das baterias.

Como testar a carga da bateria automotiva?

É indicado realizar o teste de carga nas baterias para conhecer sua vida útil e se todo o sistema de carga está atuando corretamente. O alternador, é responsável por enviar a energia de volta à bateria e também precisa estar funcionando corretamente. Para realizar o teste, é indicado um profissional com equipamento específico.

Como evitar o desgaste precoce da bateria automotiva?

Em momentos de condições climáticas mais rigorosas, como no inverno, a bateria é mais exigida para ajudar o motor a funcionar. O motivo é simples: os efeitos da temperatura alteram as formas dos componentes e do óleo do motor fica mais frio e viscoso. Confira alguns toques para evitar que as baterias sofram ainda mais:

  • Ao entrar no seu veículo, desligue todos opcionais elétricos antes da partida, e se puder, também antes de desligar o motor;
  • Mantenha o veículo em funcionamento por no mínimo 15 minutos para que o alternador faça a carga completa da bateria automotiva. Perde-se muita energia no momento do acionamento do motor de partida, mas esses 15 minutos já são suficientes para completar a transferência de carga;
  • Não desligue e ligue o veículo no congestionamento. Quanto mais o motor de partida for acionado, mais carga a bateria precisa para fazer o automóvel funcionar;
  • Com o carro desligado, evite usar sistema de som, faróis, ar-condicionado e luzes auxiliares;
  • Se puder, retire a frente do rádio quando o mesmo ficar parado por um grande período de tempo;
  • Confira o reabastecimento de energia. Verifique os polos das baterias para que não existam barreiras físicas que impeçam a transmissão de corrente do alternador às baterias;
  • Opte pelo freio de mão. Em usos constantes, o freio convencional, se acionado frequentemente, como em engarrafamentos, exige mais carga para funcionar;
  • Preste atenção no painel e nos faróis do seu carro. Note oscilações na iluminação ou indicações de mal funcionamento. Esteja ciente de qualquer indício de irregularidade ou falha no sistema elétrico.

Precisa trocar sua bateria, ou quer um distribuidor de confiança para oferecer baterias confiáveis aos seus clientes?

Destaques

Confira outros posts

O que fazer com carro submerso em alagamento
Por João Luzzi
17 de maio de 2024
OSRAM LED Cross
Por João Luzzi
8 de maio de 2024
magnifiercrossmenuchevron-down